Em Foco: Bracelete da Amizade



Olá, pinguins!

Hoje vamos iniciar um quadro novo, o "Em Foco", onde todas as semanas iremos postar alguma curiosidade, dicas ou qualquer outro assunto de interesse sobre o Club Penguin. Hoje vou falar de um item bem conhecido de todos, a "Bracelete da Amizade", que apesar de ser um item comum entre os jogadores, é um item que eu gosto muito e que tem uma história bem legal.

A "Bracelete da Amizade" é um item de nadadeira especial, lançado em março de 2007, que.podemos encontrar sempre no Club Penguin. As pulseiras foram feitas por um pinguim chamado Bambadee e podem ser encontradas e obtidas no fim do livro "Rockhopper e o Passageiro Clandestino" que se encontra na estante da Redação.




O livro "Rockhopper e o Passageiro Clandestino"conta-nos a história de Bambadee, um pinguim azul claro, com uma bracelete colorida na nadadeira, que Rockhopper encontrou no porão do seu navio. Ele queria fugir para sempre do Club Penguin porque achava que não tinha amigos mas Rockhopper convenceu-o a voltar e a dar uma segunda chance aos pinguins que o tinham provocado. Afinal os pinguins tinham provocado Bambadee porque queriam braceletes iguais à dele e Bambadee fez braceletes para todos os amigos. Quando descobriu que a sua aventura com Rockhopper ia ser publicada num livro, ele decidiu torna-las disponíveis para todos os pinguins que ainda hoje podem pegá-las lendo o livro.



Quanto a algumas curiosidades sobre a pulseira destaco o fato de de Bambadee a usar na nadadeira direita enquanto que todos os pinguins normais a usam na esquerda, de Rockhopper ter uma "Bracelete da Amizade" nos seus aposentos e, ainda, dela aparecer bem destacada num dos Cartões Postais do CP.





O que acharam desta edição do "Em Foco"? Conheciam a história da "Bracelete da Amizade"? E quanto a esta pulseira, que foi um dos itens que mais usei quando comecei a jogar CP mas que depois esqueci um pouco, vocês gostam dela e costumam usá-la? Não deixem de nos contar as suas opiniões nos comentários e, se ainda não leram o livro "Rockhopper e o Passageiro Clandestino" não deixem de o fazer para conhecer a história do pinguim que criou as braceletes da amizade. Comentem!